Isolado geograficamente, prefeito de Jordão restringe voos ao município

O prefeito de Jordão, Elson Farias, pediu às empresas aéreas que suspendam os voos ao município, exceto aqueles destinados ao transporte carga ou de passageiros em emergência de saúde.

A medida busca manter o município isolado diante da pandemia do Coronavírus. Elson Farias tomou a decisão em conjunto com várias instituições, especialmente a Câmara de Vereadores, Polícia Militar, Distrito Sanitário Indígena, entre outros. Jordão é uma das localidades mais remotas do Acre, distante cerca de 450 quilômetros de Rio Branco. O acesso é por avião ou barco. Temendo contágio à população, em boa parte indígenas, as autoridades locais se reuniram e optaram por reduzir as viagens aéreas, restringindo à questões de saúde e ao abastecimento de alimentos e mercadorias.

0 comentário