top of page
  • Foto do escritorPrefeitura de Jordão

“Jordão preserva leis ambientais, mas o povo não tem fonte de renda”, diz prefeito ao Bar do Vaz

Atualizado: 4 de mai. de 2023


O prefeito do município de Jordão, interior do Acre, participou na tarde desta quarta-feira, 3, do programa Bar do Vaz. Na oportunidade, Naudo Ribeiro (PP) comentou as dificuldades de abastecer um município isolado no Estado.


Naudo conta que o sonho de uma ligação terrestre no município está cada vez mais difícil de ser imaginado devido às leis ambientais. “Uma estrada cortaria terras em reserva indígena e extrativista. Somos um município que preserva muito o meio ambiente, que atende as leis, mas que nunca recebeu um centavo por esse serviço prestado. A gente só preserva, mas a população, sem ter como explorar novas fontes, tem a prefeitura como maior geradora de renda na cidade”.


Depois do poder público, o comércio é o que gera a segunda maior fonte de serviço e renda na cidade. A situação faz com que muitas famílias tenham na escola a oportunidade de uma melhor alimentação às crianças. “Faço esforço, busco de onde for para não deixar faltar alimentação escolar. Mesmo com essas dificuldades, vamos trabalhando com a nossa realidade”, afirma.

O prefeito também falou sobre o acidente que envolveu duas máquinas do município, ocorrido após uma balsa que transportava os equipamentos até a cidade tombar no rio.


De acordo com o prefeito, a perda de maquinário ou outros objetos decorrente de naufrágios na região é recorrente. O município é um dos quatro isolados por terra no Estado do Acre.


No Jordão, só é possível chegar de barco pelo Rio Tarauacá ou de avião. O maquinário foi recebido através de doação pelo senador Sérgio Petecão e do Ministério do Desenvolvimento.

Ainda assim, o prefeito acredita que o município não terá prejuízos. “Só a parte eletrônica das máquinas terão de ser trocadas. A gente fica triste com situações assim, mas não é muita surpresa quando acontece um episódio desse”, explicou.


Com quase 12 mil habitantes, o povo do Jordão não se sente isolado e celebra o desenvolvimento atingido nos últimos anos. O prefeito destaca que muitos que chegam para conhecer a cidade se apaixonam e acabam virando moradores.


O município também comemora o baixo índice de criminalidade. Em dois anos, apenas dois homicídios foram registrados recentemente.


Assista à entrevista na íntegra:

Fonte: AC24horas

Comments


bottom of page