top of page
  • Foto do escritorPrefeitura de Jordão

Prefeito Naudo Ribeiro participa da XXI Marcha de Prefeitos em Brasília, acompanhando do vereador Naudo Ribeiro e buscam agilizar liberação de recursos para Jordão

Atualizado: 22 de mai.



O prefeito Naudo Ribeiro, cumpre agenda em Brasília-DF, participando da XXV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O tema de 2024 é “Pacto Federativo: Um Olhar para a População Desprotegida”.


De acordo com o prefeito, o objetivo de sua participação é para discutir possíveis melhorias municipais para o segundo semestre de 2024, e ainda, pressionar junto com os outros 9 mil prefeitos, pela desoneração da folha de pagamento. "Nosso movimento pressiona o governo pela desoneração da folha dos municípios. Está previsto para que a equipe econômica do atual governo anuncie as medidas que irão compensar a perda de receitas com o acordo que manteve a desoneração para 17 setores da nossa economia e para pequenos municípios este ano, como é o caso de nossa amada Jordão." informou.


O prefeito também informou que na medida que vai tendo as agendas temáticas e tem a oportunidade de conversar com os ministros de estado, senadores e deputados federais, vai apresentando as demandas e entregando os ofícios, formalizando as demandas de mais investimentos e agilizando os recursos que ainda não foram liberados.


De acordo com o vereador Eudes Mendes, que acompanha o prefeito na agenda, a equipe econômica do governo federal, por meio do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou na última semana que o governo ainda está no processo de análise do impacto sobre os cofres públicos. "Ministro Fernando Haddad e outras instituições, estudam um acordo que supera o impasse em torno da prorrogação da desoneração da folha de pagamento, estamos aguardando o que será feito", disse. O benefício será mantido em 2024 e a partir de 2025 reduzido gradualmente até 2028. A partir da data, os 17 setores voltarão a pagar a alíquota de 20% da folha, como é com os demais segmentos. "Temos uma preocupação de como isso afetará nossa cidade, além do impacto disso para os setores e como isso impactará no emprego, já que esse acordo anunciado custará cerca de 7 bilhões de reais somente em 2024.


Além disso o vereador e o prefeito, levaram ofícios para entregar nos ministérios, cobrando novos investimentos, liberação de recursos e novas emendas para melhorias na cidade.




Комментарии


bottom of page