Prefeito vistoria estação de tratamento de água e diz que serviço será restabelecido em até 2 dias

O prefeito Naudo Ribeiro (PDT) visitou a unidade de estação de tratamento de água do município, gerenciado pelo Depasa, acompanhado de engenheiros do órgão estadual, enviados da capital, pelo governador Gladson Cameli e a Presidente Valesca, após pedido do governo municipal.


Segundo o prefeito, o empenho do governador e da presidente do Depasa, em mandar uma equipe de profissionais altamente capacidades para Jordão, mostra que estão disponíveis para resolver os problemas que enfrentamos com constantes desabastecimentos de água.



Naudo havia pedido a celebração de uma parceria com o Serviço de Água e Esgoto do Estado do Acre (Sanacre) para intervenção e melhoramento do sistema de água de Jordão, e foi atendido. Hoje, o gestor recebeu o Diretor Operacional do Departamento, Alan e sua equipe que estão em Jordão para realizar os serviços de manuntenção na ETA. "Estou feliz com o resultado do trabalho e hoje já estamos testando a ETA para que todo o serviço volte a normalidade e a distribuição de água para a população no mais tardar nos próximos 2 dias" frisou o gestor.



O prefeito também aproveitou para reconhecer o apoio do governador Gladson Cameli e enfatizar a importância do trabalho em parceria para o fortalecimento das ações de governo. “A parceria do Governo do Estado e da Prefeitura tem sido fundamental. Também com apoio o governo federal, com a prefeitura e bancada federal, estamos conseguindo colocar Jordão nos trilhos para poder olhar para frente e dizer que o que podemos fazer é cuidar de pessoas”, encerrou.





O Diretor Operacional do Depasa, Alan, diz que a parceria entre o Estado através da Sanacre/Depasa, está dando certo e em breve a ETA estará operacional. "No momento a Eta está aberta e em pleno funcionamento com o material filtrante. a qualidade da água está dentro da normalidade e a produção e pressão por m3 regular, com os reajustes de distribuição para tirar as manobras, então acreditamos que em 24 horas ou no mais tardar, 2 dias, tudo estará normalizado" disse o diretor.



O prefeito pediu que o órgão monitore o processo pelos próximos 30 dias."Queremos ter certeza que o problema fora resolvido e que a qualidade da água tratada dará qualidade de vida ao povo jordãoense. Nosso desejo é termos água tratada e da melhor qualidade 24 horas por dia, durante todo o ano" destacou.

0 comentário