Viveiro de Mudas Municipal é inaugurado pelo Prefeito Naudo Ribeiro

Em parceria com Estado e Funtac, prefeitura inaugura viveiro e garante produzir várias mudas para reflorestamento e ornamentação de Jordão


O prefeito Naudo Ribeiro, inaugurou, mais uma obra importante para Jordão, desta vez em parceria com o Governo do Estado do Acre e a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), aproveitando o clima da semana do meio ambiente, apresentando a municipalidade nesta sexta-feira, 10, o viveiro de mudas de espécies florestais e frutíferas de Jordão.



Segundo o prefeito o projeto tem o objetivo de incentivar o reflorestamento, incrementar a economia e a cultura alimentar das comunidades. “O cuidado com o Meio Ambiente deve ser responsabilidade de todos e nosso governo tem um olhar diferente para esta questão tão importante. Vamos valorizar cada espaço público da cidade”.



A obra foi conduzida pela prefeitura com a parceria e apoio da Funtac e Governo do Estado e terá mudas de plantas diferentes, entre frutíferas, nativas, exóticas e ornamentais. O viveiro municipal recebeu o nome Viveiro de Mudas Raimundo Soares.


As mudas arbóreas correspondem as espécies de cerejeira, castanheira, seringueira, mogno, cedro e outras espécies nobres. As mudas frutíferas correspondem as espécies de maior aceitação pelas comunidades, como açaí, buriti, graviola, cajarana, cupuaçu, acerola, caju, maracujá e outras.

“A inauguração do viveiro de mudas em nosso município é uma alegria, agradecemos a parceria com o governo, temos esperanças de bons êxitos nos projetos de reflorestamento, na ornamentação de nossa cidade e no que representa melhorias na saúde com o consumo de espécies frutíferas que venham a ser cultivadas”, agradeceu o prefeito Naudo Ribeiro.


Naudo também elogiou a equipe do Meio Ambiente jordãoense e demonstrou sua gratidão a Funtac e Governo do Estado.


Segundo a diretora-presidente da Funtac, Missara Martins, o projeto vai de encontro a necessidade de se fazer o reflorestamento de áreas degradadas, implementando junto com as árvores nativas algumas espécies novas e também construir um sistema florestal integrado, onde as árvores frutíferas e as leguminosas garantam renda para a população ribeirinha e para os colonos dos municípios implantados.

“Conforme o previsto no nosso PPA, são duas áreas, dois núcleos, dois viveiros de mudas florestais, através da parceria governo do Acre, Funtac, prefeitura de Jordão e Programa REM”, enfatizou.
0 comentário