Prefeitura de Jordão inicia limpeza das ruas e das residências e mantém distribuição de alimentos

Jordão continua em estado de emergência por conta da alagação da última semana


A Prefeitura de Jordão iniciou a operação de limpeza para garantir a higienização dos locais atingidos pela alagação do Rio Jordão e dar conta das demanda, após a maior enchente da história, que deixou 70% da área urbana inundada.

A enchente repentina casou prejuízos milionários à população local. Somente na área urbana, a alagação afetou 843 famílias. Sendo que desse total 446 ficaram desabrigadas e 2.871 ficaram desalojadas. Segundo o levantamento da Secretaria Municipal de Assistência Social e a Defesa Civil.


Os danos causados aos moradores da área rural do estão sendo levantados pela administração municipal, mas pelas imagens, a situação é delicada.


A Prefeitura de Jordão tem distribuído água mineral e a alimentos aos moradores que retonaram as suas residências e demais que permanecem nos abrigos públicos- a grande maioria são indígenas ( Huni Kuin) residentes no Bairro Kaxinawá , primeiro local atingido pela enchente.


Nesta quarta-feira ( 23), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, iniciou a retirada da lama e entulhos do meio dos logradouros e tem auxiliado na limpeza das moradias. O serviço de limpeza iniciou no bairro Kaxinawá e seguiu pelas demais logradouros.

Na noite de terça-feira (22), o prefeito Naudo Ribeiro visitou os munícipes nos abrigos, brincou com as crianças e trouxe mensagens de esperança.Vale destacar que o gestor está trabalhando desde as primeiras horas, ainda do dia 20, auxiliando à população local na retirada de seus pertences e socorrendo as pessoas.

0 comentário